HomeDireto dos BlogsAs cervejas da Blondine no Beer Connection

As cervejas da Blondine no Beer Connection

Festival em São Paulo reúne cerveja artesanal e atrações musicais

Helles e Session IPA são as atrações da indústria de bebidas artesanais paulista no festival (Fotos: Divulgação)

Helles e Session IPA são as atrações da indústria de bebidas artesanais paulista no festival (Fotos: Divulgação)

Com os chopes Jack por Helles e Horny Pig Session IPA, a Blondine confirma sua participação no Beer Connection, em 4 de dezembro, em São Paulo. O festival reúne cerveja artesanal e shows de Jota Quest, Velhas Virgens, Samba de Santa Clara, Bloco Acadêmicos do Baixo Augusta e Rodrigo Sá e banda.

Medalha de bronze no Festival Brasileiro da Cerveja de 2016, a Jack por Helles é uma das criações mais recentes da Blondine, que com seis anos de atividade consolidou uma linha com mais de uma dezena de cervejas, produziu para marcas ciganas e investiu também na produção de refrigerantes naturais.

O festival

Com abertura às 10h de domingo, 4 de dezembro, o festival promete mais de 300 rótulos de cervejas artesanais nacionais e importadas, comida de boteco, alta gastronomia, deliciosos queijos e embutidos das charcutarias artesanais, food trucks e os melhores bares de cerveja artesanal de São Paulo.

Renato Paiva, da Dragon Live Productions, organizador do evento, destaca:

“Será uma oportunidade única de experimentar sabores, cores e aromas diferentes das melhores cervejas ao som do melhor da música brasileira.”

Segundo ele , o conceito do Beer Connection é fazer a conexão entre a cerveja e a música e levar o público a vivenciar essa nova e empolgante experiência em um ambiente seguro e estruturado da Mega Arena Urban Stage, que conta com 70 containners, palco internacional e banheiros de alvenaria.

Cinco atrações musicais

O festival tem um repertório marcado pela diversidade. Na hora do almoço, a abertura é com a Banda Velhas Virgens, de rock independente, conhecida pelas suas letras irreverentes e a marca de cerveja Velhas Virgens.

Na sequência musical, vem a banda Samba de Santa Clara, grupo do Rio de Janeiro que nasceu numa roda de samba em homenagem a Jorge Ben Jor. Um de seus produtores criou a cerveja Praya.

No fim da tarde, entra o Bloco Acadêmicos do Baixo Augusta, que levou mais de 200 mil pessoas às ruas no último carnaval paulista. Criado em 2009 com foco na celebração da diversidade e pela revitalização da região do baixo Augusta, o bloco notabilizou-se pela presença de celebridades e artistas. O cantor Wilson Simoninha é o puxador de samba e a rainha de bateria, a atriz Alessandra Negrini. Neste show, o grupo traz vários convidados especiais.

Rodrigo Sá e banda, revelação no circuito de festas premium paulistanas, é a atração que vai iniciar a noite do festival. Seu som estilizado, mistura MPB de alta qualidade com batidas de funk e do pop contemporâneo internacional.

A banda Jota Quest volta às raízes com o disco Pancadélico, embalada por black music, soul, funk, groove e disco, e com seus hits fecha a noite.


Serviço

  • O quê: Festival Beer Connection
  • Quando: 4 de dezembro, das 10h às 22h
  • Onde: Urban Stage (Rua Voluntários da Pátria, 498 – ao lado do Metrô Tiête, São Paulo-SP)
  • Quanto R$ 70 a R$ 120 (lotes ainda disponíveis) e R$ 250 (camarote open bar com três tipos de cerveja artesanal e open food) – estacionamento no local a R$ 30
  • Como: ingressos à venda em IngressoRapido.com.br

LEIA TAMBÉM

O PORTAL DAS CERVEJARIAS BRASILEIRAS
AS 10 CERVEJAS MAIS PREMIADAS DA ATUALIDADE
CONFIRA O RANKING DAS CERVEJAS PREMIADAS

+ NOTÍCIAS

Leia no Blog :  As cervejas da Blondine no Beer Connection

Comentários