HomeDireto dos BlogsGuinness será Vegana!

Guinness será Vegana!

Amanhã, 1º de Novembro, é o Dia Mundial do Veganismo. Possivelmente aproveitando a proximidade da data, a Guinness anunciou que sua cerveja será completamente vegana!


Entenda mais sobre o veganismo e as várias opções de alimentação sem origem animal, ajudando a evitar o sofrimento de várias espécies:



Veja a reportagem que saiu no The Times sobre esta ótima novidade:

Na produção de suas cervejas a Guinness irá parar de usar bexiga de peixe em seus filtros, assim, pela primeira vez em sua história de 256 anos ela irá oferecer seu pint de cerveja preta livre de produtos ou processos de origem animal, completamente amigável aos veganos.

Os veganos e vegetarianos estritos há muito tempo assinaram uma petição para a St James’s Gate Brewery para parar de usar cola de peixe, um sub-produto produto da indústria de pesca, para remover fermento extra de sua Stout.

“Enquanto a cola de peixe é um meio muito eficaz na produção, e tem sido usado por muitos anos, nós esperamos parar de usá-la quando o novo recurso de filtragem for introduzido”, disse o porta-voz.

A notícia é uma surpresa bem-vinda para os veganos. Em janeiro, a cervejaria escreveu para a Barnivore, um guia on-line de cervejas e vinhos veganos, dizendo que não existia alternativa para filtrar sua famosa Stout. A cervejaria disse que estava revendo suas opções, mas que até o momento, não tinham encontrado nenhuma alternativa ambientalmente amigável tão eficaz como a cola de peixe.

A empresa está agora empenhada na procura de métodos de filtragem que não necessitem de cola de peixe.

Este agente tem sido uma fonte de frustração para os veganos amantes de cerveja, uma vez que quando usado não precisa ser incluído no rótulo, na maioria dos países.

Em 2003, o Parlamento Europeu estipulou um plano para obrigar os fabricantes de cerveja a destacar o uso de cola de peixe em garrafas e latas depois que cervejarias fizeram lobby para omitir esta informação em seus rótulos, alegando que era tradicionalmente utilizado no processo de fabricação de cerveja, sem efeitos secundários registrados.

A cola de peixe não é usada para dar sabor ou textura, mas para ajudar o sedimento de levedura se dissolver mais rápido, porém minúsculas partículas de peixe permanecem na bebida final. O seu uso data a 1700 quando foi empregue para refinar cerveja mais barata através da remoção de partículas e o sedimento deixado na parte inferior do tambor.

Na St James’s Gate Brewery acredita-se ter sido introduzido este produto por Alexander Forbes-Watson em 1800, salvando a empresa £ 6.000 por ano ao recuperar a cerveja no fundo de seus tanques.

É raramente é usado na fabricação de cerveja moderna, onde gelatinas sintéticas fazem o mesmo trabalho, embora muitos britânicos produtores de cervejas tradicionalmente em barris usam para refinar a bebida final.

fonte: The Times


Sobre o Dia Mundial do Veganismo:

O Dia Mundial do Veganismo ou Dia Mundial Vegano (World Vegan Day, em inglês) é comemorado em 1º de Novembro.

A data celebra em todo o planeta a consciência vegana, ou seja, um ato de protesto contra o consumo de produtos de origem animal. O veganismo proíbe a ingestão de alimentos de origem animal, mesmo leite e ovos.

Os veganos são ainda mais extremos que os vegetarianos, aliás, você sabe a diferença entre veganos e vegetarianos?

Os vegetarianos não consomem alimentos de origem animal (carnes, peixes, frangos e etc). Os veganos, por sua vez, não consomem absolutamente nada que tenha relação com os animais, e isso inclui roupas, cosméticos e até mesmo medicamentos.

Origem do Dia Mundial do Veganismo ou Dia Mundial Vegano

A data surgiu em 1994, em comemoração aos 50 anos da fundação da Vegan Society (Sociedade Vegana do Reino Unido). Em 2014 a data comemora 20 anos e a Sociedade celebra seus 70 anos de existência.

fonte: Calendarr

Leia no Blog :  Guinness será Vegana!

Comentários