HomeCuriosidadesA Curiosa História do santo padroeiro dos cervejeiros, Santo Arnulfo de Metz

A Curiosa História do santo padroeiro dos cervejeiros, Santo Arnulfo de Metz

Alguns católicos pensam que o consumo de cerveja e outras bebidas alcoólicas é pecado. Sem embargo, a Igreja não vê problema no consumo moderado de álcool, sempre e, quando este se faça com responsabilidade e não ponha em risco nossa santificação. Também devemos recordar que a Igreja tem um rito em latim para abençoar a cerveja e, como não, também temos a São Arnulfo de Metz, padroeiro dos cervejeiros. Hoje falaremos sobre a vida desse grande santo.

Facebook: Cerveceros de Jalisco

Sua proximidade da fé:

Arnulfo nasceu na Áustria, no ano de 580, em tempos que o país era muito famoso por elaborar cervejas de excelente qualidade. Desde pequeno se sentia chamado a seguir a Deus, e por isso, entrou num monastério beneditino, sendo muito jovem. Posteriormente foi nomeado abade, finalmente bispo de Metz, na França, aos 32 anos.

Enciclopedia Católica

Tomar cerveja ou morrer:

 

Sendo bispo de Metz chegou a dita região uma peste terrível que contaminou a água e muita gente ficou doente por consumi-la, por essa razão Santo Arnulfo animava seus fiéis a deixar de consumir a agua contaminada e beber cerveja. hoje sabemos que ao ferver a água para a fabricação da cerveja esta fica livre dos germes que produziam a enfermidade.

 

 

A multiplicação da cerveja:

Domínio público

No ano de 627, Santo Arnulfo, se retirou a um mosteiro perto de Remiremont na França onde morreu e foi enterrado, em 640. No ano seguinte, os cidadãos de Metz pediram que seu corpo fosse exumado e  levado a cidade para enterrá-lo na Igreja local. Enquanto carregavam o corpo de volta, vários fiéis sentiram-se cansados, esgotados e pararam numa taberna para comprar cerveja. Ao entrar, descobriram com tristeza que só havia uma garrafa e tiveram que compartilhar. Surpreendentemente a garrafa nunca acabou e todos puderam beber a cerveja e matar sua sede. O milagre foi atribuído a São Arnulfo e é a razão pela qual a Igreja o considera o santo padroeiro dos cervejeiros.

Hoje em dia é venerado como santo na Igreja católica e na Igreja ortodoxa e sua festa em 18 de julho.

Fonte

Comentários